Grêmio quer maior público da Arena para retomar 1º lugar como mandante

Últimas Notícias



Categorias

Grêmio deve ter apoio de 50 mil torcedores
Grêmio deve ter apoio de 50 mil torcedores
Lucas Uebel/Grêmio

Grêmio quer maior público da Arena para retomar 1º lugar como mandante

Previsão para domingo é de 51 mil pessoas contra o Corinthians, às 11h, em Porto Alegre. Se vencer, Tricolor pode igualar aproveitamento do Palmeiras em casa

Esporte
11 de agosto de 2016 às 08:34:38 116 visualizações

Um dos lugares mais comuns do futebol diz que quem joga em casa tem vantagem. E o Grêmio quer fazer valer ainda mais sua força. Contará com uma situação especial para domingo, às 11h, contra o Corinthians: o apoio do daquele que deve ser o maior público da história da Arena. A intenção é retomar o caminho das vitórias com o carinho do torcedor. De quebra, ainda pode retomar o posto de melhor mandante do Campeonato Brasileiro, ao lado do Palmeiras. 

Esta situação, claro, depende dos resultados da rodada. Hoje, o líder de pontos conquistados nos seus domínios é o Atlético-PR, com aproveitamento de 85,18% (sete vitórias e dois empates) em nove jogos na Arena da Baixada. No domingo, às 18h30, fará sua 10ª partida em casa, contra o Palmeiras. Se não vencer, perde o posto para o próprio Verdão (oito vitórias, um empate e uma derrota), com 83,33% de aproveitamento na sua arena, e para o Grêmio (sete vitórias, um empate e uma derrota). O Tricolor precisa vencer os corintianos em casa para pular para os mesmo números – após o empate com o Santa Cruz, ficou com 81,48% dos pontos ganhos.

– Sabemos que é importante o apoio e ficamos felizes quando olhamos na internet e vemos a expectativa de casa cheia, 45 mil, 50 mil. Faz muita diferença a nosso favor. Que possamos corresponder ao torcedor, e ele nos apoiar para conseguirmos o máximo de pontos – comentou o goleiro Marcelo Grohe.

Apoio da arquibancada certamente não faltará. A previsão é de 51 mil pessoas para o jogo de domingo. Configuraria o maior público da história do estádio gremista – hoje, o recorde é o Gre-Nal 409, válido pelo Gauchão e Primeira Liga, com 48.204 espectadores. A administração da Arena tem subsídios para acreditar nisto. Na noite de quarta-feira, restavam mil ingressos a ser vendidos. Na manhã desta quinta, conforme o presidente da Arena Marcelo Jorge, a previsão é de que já estejam vendidos.

– Já tivemos, em alguns casos, Gre-Nais principalmente, ingressos que esgotaram com antecedência. Com a venda 100% antecipada pela web, não teremos necessidade de abrir a bilheteria na sexta, como previsto. Estamos trabalhando com a possibilidade de quebra de recorde da Arena. Com a carga de 34 mil ingressos mais a projeção de 17 mil sócios, chegaria na casa de 51 mil pessoas – relatou Jorge ao GloboEsporte.com.

A carga de ingressos não leva em conta entradas para os camarotes. Há promoção para este setor por conta do Dia dos Pais, com valor de R$ 205 a entrada avulsa em camarotes compartilhados. O infantil sai por R$ 20.

Recentemente, a relação da torcida com o time não está das melhores. No empate com o Santa Cruz, por conta do rendimento, houve vaias ao término da partida – soma-se também o 0 a 0 com o América-MG, lanterna, na rodada anterior, mas fora de casa. Nada que uma vitória em casa não resolva.

Antes do 0 a 0 com o Santa Cruz, o Grêmio vinha com bons públicos na Arena. Na vitória sobre o São Paulo, foram 39,5 mil pessoas no estádio. No 2 a 1 sobre o Figueirense, 36 mil. E nas duas partidas o clube gaúcho ganhou, quebrando por ora o tabu de não vencer quando o público vai em número maciço para as arquibancadas.